quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Como eu uso o Twitter, parte 2

Quero complementar meu post anterior que, como este, também é básico e "para pessoas comuns" falando sobre o Twitter. Preciso passar algumas informações a mais sobre a forma como tenho trabalhado com ele e sobre algumas ferramentas que começei a utilizar para melhorar, ainda mais, minha forma de interagir com o Twitter, depois de ter escrito o post anterior.

Em primeiro lugar, quero destacar uma ferramenta que conheci, por acaso, durante minha participação no evento Dev In Rio. Um dos participantes sentou-se a minha frente e, num determinado momento, eu não pude deixar de notar que ele estava utilizando em seu notebook uma ferramenta diferente, das que eu utilizava naquele instante, para twittar. Ele estava executando o TweetDeck, num Ubuntu, a mesma distro Linux que eu utilizava em meu note, naquele momento.

Só de bater o olho na tela do colega, percebi algumas coisas interessantes na ferramenta: ela mostra várias colunas e, dentro destas, os tweets. Percebi a existência de três colunas principais: "All Friends", "Mentions" e, como estavamos no evento seguindo a tag #devinrio, havia uma coluna que mostrava os tweets marcados com esta tag. Ferramentas com o TwitterGadget e o TwitterFox, citadas em meu post anterior, utilizam abas (ou "orelhas") ao invés de colunas. Desta forma, você não consegue ter uma visão tão completa como a apresentada pelo TweetDeck. Não tive dúvidas! Instalei imediatamente esta ferramenta em meu Ubuntu. A instalação foi tão simples que eu não sei detalhes sobre como ela foi realizada. Não utilizei o aptitude ou o apt-get, os gerenciadores de pacotes do Ubuntu. Simplesmente, cliquei no botão instalar, através da página aberta pelo Firefox no site do TweetDeck. O resto foi acontecendo de uma maneira quase "mágica". Terminada a instalação em minha máquina, e após fazer o login na aplicação com minha conta do twitter, notei algumas coisas a mais: quando clico em uma tag (#algumacoisa) ele abre automaticamente uma coluna, com todos os tweets que contém aquela tag. Além disto, a ferramenta: encurta URLs automaticamente utilizando o bit.ly e a sua conta neste serviço (mas também se integra a outros serviços como o TinyURL, entre outros); ao clicar no perfil de uma pessoa, abre todos os tweets e o seu profile em uma tela pop-up; ao clicar numa foto postada via TwittPic, TweetPhoto ou yfrog ele também abre um pop-up com a foto, etc. Enfim, o TweetDeck é realmente uma ferramenta para twitteiros profissionais, ou amadores, que buscam facilidades na experiência com o Twitter ;-).

O TweetDeck tem me possibitado estar ANTENADO em diversos assuntos de meu interesse, ao mesmo tempo. "As colunas" realmente são ótimas para isto. O que noto, com o uso desta ferramenta, é que o meu uso do Google para pesquisas sobre as coisas que realmente me importam, tem diminuído. Este comportamento é esperado já que, se formos fazer uma comparação, o Google é um filtro computadorizado para os assuntos que você deseja e o Twitter, é um filtro HUMANO! Seguindo as pessoas certas, você consegue obter as informações que lhe importam, sem a necessidade de pesquisar nada no Google. Daí, surgem previsões como a do post Twitter destined to replace Google Search.

Das diversas coisas que eu tenho aprendido no uso do Twitter, eu diria que uma das mais importantes talvez seja a questão de valorizar (e repassar) as informações que recebo, de quem eu sigo ou não, mas que acho importantes. O mecanismo do retweet (RT) é importantíssimo! Leiam o post The art of ReTweeting in Twitter pois ele trata bem melhor deste assunto do que o que eu poderia escrever aqui. O TweetDeck faz o RT ser simples, fácil e rápido: 1 clicar de botão!

A revista Info deste mês traz dicas sobre mais algumas dezenas de ferramentas que se integram ou facilitam o uso do Twitter. Eu comprei o meu exemplar pois realmente não pude resistir a vontade de aprender mais sobre o ele, suas ferramentas e sobre como utilizá-lo em meu trabalho. O interessante nesta edição são as histórias de como as pessoas estão utilizando o Twitter para conseguir um emprego ou fazer marketing de algum produto ou serviço que oferecem. As dicas de como utilizar o twitter nesta edição também são legais.

Por fim, tenho somente uma última recomendação A REPETIR, pois já a fiz em meu primeiro post: SEJAM RELEVANTES! Unam isto a CORDIALIDADE, sejam EMPATICOS e AUTENTICOS. Leiam "O Fator Gente Boa", de Tim Sanders, para entender um pouco mais sobre estes assuntos. Fazendo isto, vocês estarão ajudando as pessoas e atraindo ainda mais seguidores! As pessoas, ao lhe seguirem, esperam que você possa lhes informar alguma coisa interessante para suas vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário