sexta-feira, 15 de maio de 2009

Scala

Eu não falei de Scala em meu último post, que foi enriquecido com alguns comentários nas listas xprio e agildf, um na lista DFJUG e nenhum no RioJUG (até 15/05/09). Mas, como citei as linguagens Groovy, Ruby e Python, sinto que fiquei em falta com para com o Scala, como uma boa alternativa de linguagem para execução na plataforma Java. E, apenas para não ser injusto com outras linguagens, você pode ver uma lista de linguagens suportadas pela plataforma java, neste link.

Scala é uma linguagem que integra características de linguagens funcionais como o Python, Erlang e Haskell mas é estaticamente tipada, como o Java.

Bill Vennners, co-autor do livro Programming in Scala, comenta como a programação em Scala alterou seu estilo de programação. Eu li seu artigo e digo: é realmente interessante notar o quanto nosso estilo de programação é alterado em função da aprendizagem de novas linguagens.

O Scala é estaticamente tipado (ao contrário do Python por exemplo) e, em função de suas características funcionais (dentre outras), oferece uma boa performance para a escrita de programas e uma performance de execução similar a de aplicações Java. E apenas para me lembrar, ainda vou falar este assunto: performance na execução de aplicações x performance na escrita de programas.

Quando utilizar uma linguagem estática ou dinamicamente tipada é um assunto interessante de ser lido nesta thread, citada por este post.

Outros textos sobre Scala:

Nenhum comentário:

Postar um comentário